Livro: O Colecionador de Borboletas e Entrevista com a autora Cecília Mouta

Olá!
Para começar esse novo projeto aqui no Blog vamos falar sobre O Colecionador de Borboletas que foi escrito pela Cecília Mouta uma autora brasileira que lançou seu livro de estreia em 2012 pela editora Novo Século também consegui fazer uma entrevista com ela para perguntar mais sobre seu livro e sua vida.
Em seu livro fala que a autora estava fazendo graduação na Pontifícia Universidade Católica - PUC também fala que ela estuda piano na fundação Villa Lobos e que também escreve poesias, romances e musica. Será que podemos esperar um livros de poesia ou um romance a caminho?
Sinopse:
Resultado de imagem
O livro fala sobre a vida de Nicola um pesquisador e colecionador de borboletas que perdeu grande parte da memoria mas com o tempo ela sempre acaba voltando como cenas de um filme em sua mente relembrando cada vez mais da sua vida passada assim como ele também pode modificar seu passado através dessas lembranças, como salvar uma vida de alguém que ia morrer por exemplo mas oque ele não contava é o efeito borboleta que ao mudar uma coisa do seu passado ia ter uma consequência inesperada.

Entrevista com a Autora Cecília Mouta:
Rescreventudo: Como surgiu a ideia de falar sobre o Efeito Borboleta em seu livro e quais foram as suas principais inspirações?
C.M: A ideia surgiu, primeiramente, quando eu assisti o filme Efeito Borboleta. Foi meu primeiro contato com o fenômeno e a teoria do caos. Eu gostei muito da temática e resolvi pesquisar mais. Um tempo depois me veio a ideia do livro na cabeça e eu comecei a escrever.
Rescreventudo: Nicola teve um final feliz por assim dizer, você chegou a pensar em outro final para ele?
C.M: Sim. A única coisa que eu sabia quando comecei a escrever a história era que Nicola não ia terminar com Joana. Mas no decorrer da trama eu fiquei com uma certa pena dele, de terminar a história com ele sozinho. Achei que ficaria muito triste o final, então resolvi envolvê-lo com Liz.
Rescreventudo: No teu livro fala que você gosta de escrever poesias, romances e que O Colecionador de Borboletas foi teu livro de estreia. Podemos esperar novos projetos ou até mesmo uma continuação da historia de Nicola?
C.M: Com certeza. Eu tenho uma continuação do livro escrita, mas sem previsão de ser publicada. Mas agora em Agosto estou lançando meu novo livro, chamado "É Inverno". 
Rescreventudo: Como é lidar com o fato que O Colecionador de Borboletas já se espalhou por outros estados, eu por exemplo comprei teu livro no Rio Grande do Sul.
C.M: É muito gratificante e, ao mesmo tempo, muito louco. Às vezes recebo mensagens de pessoas que nunca vi na vida falando que comprou meu livro em algum lugar, leu e gostou muito. Isso é muito gratificante para um escritor.
Rescreventudo: Nicola teve realmente o poder de controlar o passado ou tudo que aconteceu foi devido ao acidente que deixou sua mente com essa falsa ideia?
C.M: Ele teve realmente o poder de voltar no tempo. Depois de toda aquela saga, seria muito frustrante para ele se nada tivesse acontecido.
Rescreventudo: Falando um pouco agora sobre a Cecília, no que você se formou e como anda os projetos atuais?
C.M: Eu sou formada em Publicidade e Propaganda e agora em Agosto estou lançando meu novo livro pela editora Chiado intitulado "É Inverno". Também estarei na Bienal do Rio em Setembro.
Rescreventudo: E para encerrar nossa entrevista você já foi reconhecida na rua ou algo mudou na tua vida depois de lançar O Colecionador de Borboletas?
C.M: Nunca fui reconhecida na rua, mas já aconteceu casos de eu falar do meu livro para alguém e essa pessoa já conhecê-lo porque viu em algum blog. Tem sempre também uns leitores bem carinhosos que sempre mandam mensagens elogiando a história.

Como vocês virão na entrevista, vai ter continuação do nosso querido Colecionador de Borboletas, meu coração não aguenta de ansiedade mas oque podemos fazer até lá é conferindo seu próximo livro que está lançando chamado ´´È Inverno´´ que promete! Segundo a Sinopse do livro fala o seguinte: 
´´Izzy é fascinada pela neve, o inverno é sua estação do ano preferida. Todos os dias, na escola, ela se diverte com seus melhores amigos: Lil, Sam e Mat. Porém, Lil sofre de pesadelos e toda vez que os tem, algo ruim acontece em seguida. 
Naquele ano o inverno estava diferente, intenso. E, certo dia, Lil tem um pesadelo que muda completamente a vida dos quatro amigos. Os episódios seguintes levam o leitor a viver momentos emocionantes nas descobertas que Izzy faz sobre a própria vida. Até que chega o momento crucial em que ela tem que fazer uma escolha que poderá colocar um ponto final em toda a sua história até ali, inclusive na amizade com sua melhor amiga Lil.´´
Paginas no Facebook dos Livros:
Minha opinião sobre O Colecionador de Borboletas:
O Colecionador de Borboletas é um livro que trás consigo muitos detalhes enquanto você lê consegue imaginar bem cada cena relatada sem se tornar um livro pesado ao contrario tem uma linguagem leve e envolvente. Assim que comecei a ler ele acabou se tornando parte da minha rotina, sempre quando entrava no ônibus colocava meus fones de ouvido já puxava para ler um pouco mais foi quando ao chegar perto do final o livro me envolveu de tal maneira que me obriguei a ler diversos capítulos em uma tarde e é essa sensação que procuro quando leio um livro para ler infelizmente livros assim quando terminam trazem um enorme vazio e meu ritual quando isso ocorre é abraçar o mais forte possível e ficar refletindo sobre tudo que aconteceu.Tristezas a parte eu recomendo para você ler ou presentear alguém também sugiro que ao ler essa obra preste bastante atenção aos detalhes! 
Adorei fazer essa entrevista com a  Cecília, me tornei mais fã ainda do teu trabalho, é muito bom poder ter essa aproximação com nossos autores ou pessoas que admiramos assim como ela eu também gosto de escrever e por isso abri esse Blog quem sabe um dia também escreverei livros mas até lá ficamos por aqui logo trarei novos livros aqui para o Blog para vocês conhecerem.
Um beijo e um abraço!

A imagem pode conter: texto